Boca e nutrição: essa relação vai muito além do que imaginamos

A saúde bucal é fundamental para a mastigação e digestão. Por isso, reforçamos a necessidade da boa higiene da boca, com escovação dos dentes e língua com escovas interdentais, uso de fio dental e visitas regulares ao dentista – mesmo que seja para limpezas simples (profilaxia). Mas você sabia que nessa lista deve entrar também uma alimentação mais saudável, na medida do possível? Isso porque boca e nutrição tem tudo a ver e o que ingerimos também pode afetar o nosso sorriso. Continue lendo para saber mais!

Como uma boa alimentação deve ser?

Não precisa de muito. “Uma alimentação saudável é colorida, variada e equilibrada em macronutrientes (carboidratos, proteínas e gorduras) e micronutrientes (vitaminas e minerais), além de contar com o consumo adequado de água. A ingestão de componentes bioativos também pode contribuir com a imunidade e saúde do organismo em geral – veja as receitas do fim do texto“, explica Dra. Luiza Barison, nutricionista, mestre em saúde coletiva e especializada em medicina integrativa.

Boca e nutrição

Os macro e micronutrientes promovem dentes fortes – auxiliando no processo de mastigação e digestão –, previnem inflamações na gengiva, dores de garganta, melhoram a imunidade, concentração e foco, regulam o humor e controlam os sinais de fome e saciedade.

Por outro lado, o consumo frequente de refrigerantes, alimentos ultraprocessados, balas, doces, entre outros, somados a má escovação, facilitam o aparecimento de cárie, aftas, dor de garganta e ainda criam o risco de perda dentária.

Uma dica que mostra na prática a relação boca e nutrição: a língua esbranquiçada ou amarelada (saburra) pode indicar má digestão.

Tratamentos

Quando estamos passando por algum tratamento odontológico, a dieta também deve ser repensada. No caso de um aparelho ortodôntico (fixo), por exemplo, é necessário ajustar a consistência das refeições para facilitar a ingestão sem que nenhum nutriente fique para trás.

A hora de comer…

“Comer é um ato de cuidado, é um momento de prazer. A alimentação deve ser feita em um ambiente tranquilo, para ocorrer a mastigação e digestão efetivas”, conta Dra. Luiza. “Caso a trituração não seja adequada, por mastigar poucas vezes, ansiedade ou tensão, os alimentos chegarão ao intestino como macropartículares, dificultando a absorção dos nutrientes. Quando o que foi ingerido vem muito ‘grande’ para o intestino, gera inflamação e dor. Se esse hábito é constante, doenças cardiovasculares, artrite reumatoide, pneumonia, câncer, entre outras doenças podem aparecer”, finaliza.

Conclusão

Com uma alimentação saudável e uma boa saúde bucal é possível combater inflamações em todo o organismo, melhorando sensibilidade na gengiva, estresse do dia a dia, regulando o intestino, prevenindo doenças, aftas, azia, constipação, diarreia e sensibilidades alimentares.

Receitas para imunidade

Shot renovador

Ingredientes:

• 1 colher de chá de cúrcuma em pó

• 1 pitada de pimenta vermelha (se for líquida, 1 a 2 gotas no máximo)

• 1 colher de chá de mel com própolis (opcional)

• 1 colher de sopa de amora (in natura ou congeladas)

• 100ml de água

Modo de preparo: bata todos os ingredientes no mix ou liquidificador e beba logo a seguir.

Observação: você pode deixar este shot pronto, congelado em cubos de gelos e pode consumir de duas formas diferentes…

• Usando 3 cubos de gelo – deixe descongelar, mexa e beba imediatamente.

• Usando 3 cubos de gelo e batendo com 50ml de água.

Smoothie Vermelho

Ingredientes:

• 1xic. de chá de morango partidos congelados

• 1xic. de café de amora congelada

• 250ml de leite de amêndoas ou leite de coco

• Gelo

• 1 colher de café de baunilha ou 1 colher de café de gengibre ralado (opcional)

• 1 fio de mel com própolis ou stévia (opcional)

Modo de preparo: bater tudo até ficar cremoso.

Sopa anti-inflamatória

Ingredientes:

• ½ berinjela

• ½ nabo

• Cebolinha (a gosto)

• 2 tomates

• 4 talos de aipo

• 2 folhas de couve

• 1 cebola

• 2xic. de chá de vagem picada

• Temperos a gosto: salvia, salsa (não usar temperos prontos), azeite e sal rosa ou marinho triturados.

Modo de preparo: ferva a água, coloque os alimentos e abaixe o fogo. Cozinhe em fogo baixo e tempere ao final. Comer de 3 a 4 conchas grandes.

Compartilhe:

Deixe uma resposta